Polícia Civil de Xapuri apreende skunk e menor que levava ‘encomenda’ para a Capital do Acre

 

Nesta quarta-feira (24), por volta das 8 horas, a Polícia Civil do município de Xapuri, através da equipe de investigação chefiada pelo inspetor Eurico Feitosa, sob o comando do Delegado de Polícia Dr. Gustavo Neves, realizou uma apreensão de droga durante uma blitz de rotina.

Segundo foi informado, a operação policial estava sendo realizada na BR 317 no município de Xapuri, quando apreendeu em flagrante uma adolescente transportando aproximadamente 3Kg de droga do tipo Skunk, que tinha como parada final, a cidade de Rio Branco.

A jovem que possivelmente foi usada como ‘mula’, estava dentro de um táxi que saiu do município de Brasiléia pela manhã. A mesma teria sido adquirida no lado boliviano que faz fronteira com as cidades de Brasiléia e Epitaciolândia.

Skunk (também conhecida como ‘supermaconha’ e ‘skank’) é uma droga mais potente que a maconha, ambas são retiradas da espécie Cannabis Sativa e, por esse motivo, possuem em suas composições, o mesmo princípio ativo – THC (Tetra-hidro-canabinol).

Uma das preocupações por parte da ciência, é que o skunk produz os mesmos efeitos das espécies naturais, porém com maior intensidade (maior capacidade entorpecente), afetando neurotransmissores, como a serotonina e a dopamina, proporcionando alterações motoras e perca de memória, além de ser proibida no Brasil e grande parte de mundo.

%d blogueiros gostam disto: