Com poucas chuvas, 8 cidades do Acre estão com níveis de seca de severo a extremo

A baixa quantidade de chuvas no Acre em novembro fez com que Brasileia e Epitaciolândia fossem classificadas com condições de seca extrema pelo Índice Integrado de Seca (IIS). As informações foram atualizadas no último dia 15 e divulgadas pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) esta semana.

Seis cidades acreanas estão com seca severa. São elas Rio Branco, Sena Madureira, Porto Acre, Senador Guiomard, Assis Brasil e Xapuri.

Outros nove municípios foram classificados com seca moderada, como Mâncio Lima, Rodrigues Alves, Cruzeiro do Sul, Santa Rosa do Purus, Manuel Urbano, Bujari, Capixaba, Plácido de Castro e Acrelândia.

Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Jordão, Feijó e Tarauacá estão com seca fraca.

O Índice Integrado de Seca (IIS) consiste na combinação do Índice de Precipitação Padronizada (SPI) com o Índice de Suprimento de Água para a Vegetação (VSWI) ou Índice da Saúde da Vegetação (VHI).

%d blogueiros gostam disto: