Covid-19 desacelera em Brasiléia, Epitaciolândia e Assis Brasil, mas segue em alta em Xapuri

AC24H

Com média móvel de 14,29 novos casos diários nos últimos 7 dias e com uma variação de 138,10% em comparação com os números de 14 dias atrás, Xapuri segue distante de apresentar o mesmo comportamento no número de novas infecções por covid-19 como tem ocorrido com os outros municípios da regional do Alto Acre, conforme os dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre).

Nesta semana, entre segunda-feira, 5, e esta sexta-feira, 9, de acordo com Boletim Sesacre, o município de Brasiléia teve um aumento de apenas 3 novos casos do novo coronavírus. Assis Brasil teve elevação maior em 5 dias, com 10 novos casos, e Epitaciolândia teve apenas 1 novo caso confirmado da doença nesta última semana.

Já em Xapuri, foram 58 novos casos entre os dias 5 e 9 de outubro divulgados pelo Boletim Sesacre nesta sexta-feira, 9. Pelo Boletim da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), que é divulgado horas depois do informativo estadual, foram exatos 100 novos casos de covid-19 registrados em Xapuri entre a última segunda-feira, 5, e esta sexta-feira, 9 de outubro.

O ac24horas conversou com alguns profissionais de saúde que fazem parte do enfrentamento à pandemia no município sobre a diferença de situação que existe no momento entre as cidades da regional. Mesmo sem apresentar comprovação, a maioria afirmou que Xapuri continua testando a população enquanto os vizinhos reduziram drasticamente essa medida.

De acordo com as informações divulgadas diariamente pelo Boletim Sesacre, o município de Xapuri realmente foi o que realizou a maior quantidade de testes para o novo coronavírus nas últimas semanas. No período entre os dias 5 e 9 de outubro, Brasiléia fez 17 testes, Assis Brasil 33 e Epitaciolândia 11, enquanto Xapuri realizou 62 testagens de covid-19.

Pelos dados divulgados pelo município, Xapuri tem agora 1.353 casos confirmados de covid-19 desde o início da pandemia no Acre. Foram notificados à Sesacre 2.366 casos da doença, sendo descartados por exames laboratoriais 1.013 casos suspeitos. 1.086 pacientes se recuperaram e 15 foram a óbito por complicações decorrentes da infecção pelo vírus.

%d blogueiros gostam disto: