Detento é achado morto dentro de cela em presídio de Rio Branco e Iapen apura causa da morte

O detento Taylon Rocha, de 23 anos, foi achado morto, na madrugada deste domingo (14), dentro da cela 15 do pavilhão D, do presídio Francisco D’Oliveira Conde, em Rio Branco. A informação foi confirmada pelo diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC), Aberson Carvalho.

O Iapen ainda não soube informar a causa da morte de Rocha. Segundo o diretor, os agentes faziam uma ronda de rotina pelo presídio quando verificaram uma movimentação na cela e encontraram o detento já sem vida.

“Os agentes estavam fazendo a ronda, viram a cela muito movimentada e com isso entraram e observaram que o preso tinha ido a óbito. De imediato foi chamado o IML por questões de perícia”, disse o diretor.

Os dez presos que estavam na cela junto com Rocha foram levados para a Delegacia de Flagrantes de Rio Branco (Defla) para serem ouvidos. Carvalho afirmou que uma sindicância já foi instaurada no Iapen para apurar a morte do detento.

O corpo de Rocha foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos e, em seguida, ser entregue à família. “A gente está aguardando o IML se manifestar para verificar se foi causa natural ou homicídio”, concluiu Carvalho.

%d blogueiros gostam disto: