Maior apreensão de oxidado de cocaína dos últimos 10 anos causa R$500 mil de prejuízo ao tráfico

Esta é a maior apreensão feita deste tipo de droga nos últimos 10 anos/Foto: ContilNet

Israel de Bastos Modesto, de 41 anos e Euclides Alves de Oliveira, de 29 anos, foram presos, após denúncia anônima, no fim da tarde de quinta-feira (28), em um casa localizada no bairro Belo Jardim l, Ramal da Judia. Com eles, a polícia encontrou  27, 5 quilos de oxidado de cocaína, além de R$ 4 mil em espécie, um revólver calibre 38, e 16 munições de uma 9 milímetros.

Segundo a Polícia Civil, que fez a apresentação da dupla nesta sexta-feira (29), esta é a maior apreensão deste tipo de droga nos últimos 10 anos, o prejuízo aos traficantes é de R$ 500 mil. A suspeita é que a droga tenha vindo da Bolívia e a distribuição seria feita em todo o país.

Euclides é morador de Plácido de Castro e responde por homicídio em Brasileia, onde é acusado de ter matado a própria mulher, a estudante de Medicina Jessica Santos de Paula, na Bolívia.

Os dois vão responder por tráfico de de drogas e porte ilegal de armas.