Procon orienta consumidores sobre renegociação de dívidas com bancos

André Araújo

Na última semana, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) apresentou novas medidas para amenizar os graves efeitos causados pela pandemia do coronavírus (Covid-19) no cenário econômico, dentre elas o comprometimento de atender pedidos de prorrogação, por 60 dias, dos vencimentos de dívidas.

A iniciativa é destinada a clientes pessoas físicas, autônomos, além de micro e pequenas empresas, válidas para os contratos vigentes em dia e limitados aos valores que já foram usados pelo consumidor. Tal providência beneficia os correntistas e provoca um efeito expansivo a importantes setores da sociedade, contribuindo, assim, para o bem-estar social.

A iniciativa é destinada a clientes pessoas físicas, autônomos, além de micro e pequenas empresas, válidas para os contratos vigentes em dia e limitados Fotos: André Araújo/Procon

Solícito a esta demanda, o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/AC) intensifica as orientações aos consumidores, mediante a qualquer dificuldade que possa surgir, no acesso à medida anunciada pela Febraban.

“Como entidade pública, além de orientar a população, requeremos que as instituições bancárias adotem medidas mais eficazes, para proporcionar mais clareza e celeridade no atendimento aos consumidores que necessitam ter acesso à prorrogação de dívidas”, destaca o diretor-presidente do Procon/AC, Diego Rodrigues.

O gestor ressalva que o atual momento exige sérias alterações no atendimento realizado nas agências bancárias, razão pela qual se faz necessário o reforço na divulgação e o devido funcionamento dos canais remotos disponíveis, para as tratativas de prorrogação dos débitos.

“No atendimento presencial aos clientes, é de suma importância que todos os bancos intensifiquem a publicidade acerca de eventuais alterações ou suspensões em suas rotinas de atendimento, principalmente no que diz respeito ao atendimento dos públicos considerados mais vulneráveis diante da pandemia, como exemplo, os aposentados”, relata Diego Rodrigues.

Neste sentido, o Procon/AC notificou as instituições bancárias para que compareçam nesta sexta-feira, na sede do instituto para uma reunião sobre os temas abordados.

Serviço

O Governo do Estado do Acre segue firme no combate ao avanço do novo coronavírus e, para evitar aglomerações, o Procon/AC segue sem o atendimento presencial, porém com os seguintes meios de comunicação:

Quaisquer dúvidas, orientações e esclarecimentos podem ser feitos pelos contatos telefônicos (68) 3223-7000 de segunda a sexta-feira, das 7h às 13 h, ou 151, e pelo e-mail: [email protected]

%d blogueiros gostam disto: