Educação mantém suspensão das aulas devido casos de síndromes respiratórias em Rio Branco


Educação mantém suspensão das aulas devido casos de síndromes respiratórias em Rio Branco — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Educação mantém suspensão das aulas devido casos de síndromes respiratórias em Rio Branco — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

As aulas rede pública municipal seguem suspensas, entre os dias 20 a 24 de junho, segundo um comunicado emitido pela Secretaria de Educação de Rio Branco nesta quarta-feira (15).

A suspensão ocorre devido o aumento dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) entre crianças no estado.

“A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Seme, tomou a decisão de manter a suspensão das aulas presenciais nas unidades educativas da rede municipal de ensino, durante a semana de 20 a 24 de junho. Neste período, a secretaria fará consulta às autoridades de saúde pública e ao Conselho Municipal de Educação para futuras decisões e encaminhamentos”, diz o comunicado.

As aulas foram suspensas nesta semana, conforme a secretária Nabiha Bestene tinha comunicado na última sexta-feira (10) e agora decidiu manter a suspensão por mais uma semana. A medida é por precaução, segundo informou.

A medida é adotada em meio ao aumento dos casos e de internações de crianças com síndromes respiratórias. Até essa terça (14), a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) já confirmou 10 mortes de crianças em menos de dois meses.

O problema levou o governo do estado a criar um Comitê de Acompanhamento Especial das Síndromes Respiratórias (Caerp) no estado. O documento foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta e tem como objetivo estudar a origem dos casos de SRAG em crianças; acompanhar a evolução dos casos em crianças; e propor ao governador a tomada de decisões relativas ao enfrentamento da doença.

%d blogueiros gostam disto: