Em reunião com Petecão, agricultores de Brasileia denunciam: “órgãos ambientais estão tirando nosso sustento”

Na noite desta quarta-feira (29) o município de Brasileia, na região do Alto Acre, foi palco de mais uma edição do seminário “Construindo o Acre da inclusão e das oportunidades”, evento realizado pelo pré-candidato ao governo do estado, senador Sérgio Petecão (PSD-AC), que está percorrendo os municípios do Acre com sua comitiva, ouvindo propostas da população que serão incluídas em seu plano de governo.

Na ocasião, o parlamentar esteve acompanhado da pré-candidata a senadora da chapa, deputada federal Wanda Milani (PROS-AC), além de vários pré-candidatos a deputado e diversas lideranças políticas da região. O evento aconteceu no auditório do centro cultural de Brasiléia e também contou com a presença de representantes de diversos segmentos da população.

Entre os problemas levados ao conhecimento do senador e sua comitiva, os participantes apontaram as dificuldades que os moradores da zona rural estão enfrentando na região de Brasiléia, por conta da atuação de órgãos de fiscalização e controle ambiental que estariam ultrapassando os limites da lei e impedindo pequenos produtores de exercerem suas atividades naquela região.

Rosimar Menezes, morador da reserva Chico Mendes, no município de Brasiléia, afirma que “ existe um órgão chamado ICMBio que está nos impedindo de fazer aquilo que é o nosso sustento, que é plantar o nosso roçado. Nem para plantar para a nossa própria subsistência ninguém tem autorização, nossas atividades estão todas paradas porque ninguém consegue autorização para fazer nada, queremos um governo que olhe para o pequeno produtor também”, argumenta.

A população presente ao seminário também relatou prejuízos decorrentes do estado precário no qual se encontram muitos ramais da região, que não receberam manutenção nos últimos anos, deixando centenas de famílias praticamente isoladas. “Tem muitos ramais hoje que nem carroça de boi roda mais, prejudicando o escoamento da produção, impedindo o transporte escolar, e deixando a vida de quem mora na zona rural muito mais difícil, o que a gente quer dos governantes é só o nosso direito de ir e vir”, enfatiza a produtora rural Geralda Alencar, moradora da zona rural de Brasiléia.

Após ouvir os relatos da população o senador e pré-candidato ao governo, Sérgio Petecão, se comprometeu em estabelecer como prioridade em seu plano de governo a atenção às demandas da população da zona rural daquela região do estado. “Nós temos na região de todo o Alto Acre um potencial gigantesco para a agricultura, seja em pequena ou grande escala, e não podemos deixar de dar essa atenção a essa população. É uma obrigação do governo, junto com as prefeituras, garantir essa assistência nos ramais. E na questão ambiental, é inadmissível que esses problemas ainda sejam um dos principais entraves para esse nosso setor produtivo, eu acho que nós podemos sim sentar com todos os interessados e encontrar um meio termo, uma solução definitiva”, declarou Petecão.

O seminário “Construindo o Acre da inclusão e das oportunidades” já foi realizado em mais da metade dos municípios do estado, e até o início da campanha eleitoral deve chegar aos demais municípios. “Eu fico muito feliz de poder ouvir essas pessoas simples, pessoas humildes, que realmente sofrem, e eu tenho certeza que é ouvindo essa população que nós vamos poder construir um plano de governo que realmente atendam as necessidades do povo. Saio daqui com a sensação do dever cumprido e com o compromisso de contemplar todos esses anseios do nosso povo”, declarou o pré-candidato.

%d blogueiros gostam disto: