Gladson entrega 2ª etapa das obras do Pronto-Socorro e diz que “o sentimento é de dever cumprido”

Em apenas sete meses do primeiro ano de gestão, em 2019, o governo inaugurou a primeira etapa das obras. Agora, novos equipamentos e mais 120 leitos ampliam a capacidade do Huerb e do Pronto-Socorro de receber pacientes em quase 300 vagas

O governador Gladson Cameli protagonizou mais um feito histórico da sua gestão, com a entrega das obras de ampliação e reforma do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), onde também funciona o Pronto-Socorro, no final da tarde desta segunda-feira, 4. Nesta segunda etapa, quase R$ 20 milhões foram investidos na ampliação de mais 120 leitos, elevando para 254 o número de vagas no maior hospital da Amazônia ocidental.

Governador chega para a cerimônia de entrega da segunda etapa das obras do Pronto-Socorro e Huerb. Foto: Diego Gurgel/Secom

Em 2019, quando Cameli viveu um dos momentos mais cruciais de sua administração, a entrega da primeira etapa das obras, ele completava apenas sete meses de início de mandato, quando colocou uma pá de cal sobre o descaso da administração anterior com a Saúde Pública, que já durava pelo menos nove anos.

Governador Gladson Cameli com servidores do hospital, no final da tarde desta segunda-feira. Foto: José Caminha/Secom

Na ocasião, em 6 de agosto daquele ano, dia que marcou os 117 anos do início da Revolução Acreana, Gladson Cameli afirmava, emocionado, o seguinte: “O nosso sacrifício não termina aqui. Pelo contrário, começa hoje. E as imagens dos corredores cheios de pessoas sofrendo com dores não veremos mais”. Mais parecia um discurso profético diante da grande missão que estaria por vir: cuidar das pessoas acometidas pela pandemia de Covid-19.

Servidores do Pronto-Socorro, técnicos do governo e a comunidade participam da solenidade de entrega das obras do Pronto-Socorro. Foto: Neto Lucena/Secom

Já no ano seguinte, em 2020, os primeiros leitos a receber os infectados em estado grave foram disponibilizados justamente nas alas recém-inauguradas e, portanto, novinhas, do hospital que nesta segunda-feira foi entregue por completo.

Governador Gladson Cameli ao lado de parlamentares e secretários de Estado, na cerimônia de entrega das obras do Pronto-Socorro. Foto: José Caminha/Secom

“Neste momento, passa um filme pela minha cabeça. Daquele do dia 17 de março de 2020, quando assinei o decreto mais difícil da minha vida [o estado de emergência por conta da pandemia]. Desde então, não fizemos nada que não fosse com o apoio de cada um de vocês, trabalhadores da Saúde, representantes do Ministério Público, deputados estaduais, federais, prefeitos e vereadores”, ressaltou o governador para uma plateia de trabalhadores, parlamentares e técnicos do governo.

Governador Gladson Cameli posa para a foto com servidores do hospital, no final da tarde desta segunda-feira. Foto: Diego Gurgel/Secom

E Cameli completou: “Quando há prioridade, não há motivo para não fazer. A minha escolha, de tomar todas as providências possíveis para minimizar os efeitos da pandemia e oferecer a esse grande hospital a qualidade que todos merecem, foi baseada na vontade de Deus e do povo. E aquilo que não foi cumprido, ainda será, com as bênçãos do Chefe Maior”. Mais uma vez, o governador se referia a Deus.

Governador Gladson Cameli discursa para presentes na cerimônia de entrega da segunda etapa das obras o Pronto-Socorro e Huerb. Foto: Diego Gurgel/Secom

Gladson Cameli fez ainda uma deferência especial a todos as pessoas que possibilitaram a conclusão das obras, sobretudo, os operários mais humildes, “aqueles que estavam lá na massa do cimento e os que trabalharam no cuidado dos nossos pacientes com muito carinho e atenção”.

Servidores do Huerb e do Pronto-Socorro, entre pessoal do setor administrativo, técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos participam da solenidade de entrega das obras da instituição. Foto: José Caminha/Secom

As obras desta segunda etapa foram realizadas com um investimento total de R$ 18.456.406,72, cuja fonte de recursos é de empréstimos do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento, o Bird, e de fontes 100 e 500 do Orçamento-Geral do Estado, alocados por emendas de bancadas do deputado federal Alan Rick, do senador Marcio Bittar e do ex-deputado federal Moisés Diniz, hoje secretário-adjunto de Educação.

Governador Gladson Cameli e deputado federal Alan Rick cumprimentam plateia, ao lado do deputado Luis Tchê. Foto: Diego Gurgel/Secom

Participaram da cerimônia a secretária de Estado da Saúde, Paula Mariano; o secretário de Infraestrutura, Cirleudo Alencar; o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Acre, deputado Nicolau Junior; os deputados estaduais Antonio Pedro, José Bestene, Meire Serafim, Luis Tchê e Chico Viga; além dos prefeitos de Porto Acre, Bené Damasceno; de Sena Madureira, Mazinho Serafim; e de Plácido de Castro, Camilo Silva. Também prestigiaram o evento o presidente da Câmara de Vereadores de Rio Branco, vereador N. Lima; a diretora-geral do Huerb, Maria Auxiliadora (Dora) Vitorino; o promotor do Ministério Público do Acre Ocimar Silva e os representantes dos senadores Marcio Bittar e Mailza Gomes, Marcia Bittar e Josemar Lima, respectivamente.

Servidores da Fundação Hospitalar do Estado do Acre com o diretor-presidente, João Paulo Silva (ao centro), prestigiando a cerimônia. Foto: Neto Lucena/Secom

Foi uma solenidade simples, mas cheia de simbolismo

Foi uma cerimônia simplória, mas permeada de significado para Gladson Cameli e toda a sua equipe, do funcionário mais graduado ao mais humilde, entre eles aqueles que puseram a mão na massa para erguer cada pavimento, cada coluna de sustentação do hospital. O governador descerrou a placa de inauguração e logo em seguida caminhou, cumprimentando as pessoas, como de praxe.

Governador Gladson Cameli descerra a placa inaugural com deputados, secretários e a diretora-geral do Huerb, Dora Vitorino. Foto: Diego Gurgel/Secom

Depois, Cameli fez questão de reproduzir um vídeo que resumiu toda a odisseia de coragem e determinação do seu governo no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Uma das cenas emocionou os presentes, a da chegada ao Acre dos primeiros lotes de imunizantes contra a Covid-19 nos aviões Hércules C-130 da Força Aérea Brasileira.

Governador Gladson Cameli cumprimenta servidores do Huerb e Pronto-Socorro. Foto: Diego Gurgel/Secom

Os enfermeiros e o corpo técnico e de médicos do hospital foram representados pelo enfermeiro Dulcivan da Silva Rego. Também em vídeo, o enfermeiro afirmou que as obras do Novo Pronto-Socorro e do Hospital de Urgência e Emergência permitiram eliminar diversos problemas de ordem funcional.

Funcionários do hospital tiram selfie com a diretora-geral do Huerb, Dora Vitorino. Foto: Neto Lucena/Secom

“A situação antes afetava até a nossa saúde mental e a saúde dos pacientes.  Não tínhamos como oferecer o melhor atendimento porque não existiam condições materiais e psicológicas para isso”, lembrou Rego. “Agora, com a já existente verticalização do prédio e mais 120 leitos, teremos ainda mais condições de oferecer um atendimento qualificado e humanizado”.

Dora Vitorino, diretora-geral do Huerb, fala para os presentes em tom de muita emoção Foto: Neto Lucena/Secom

Visivelmente emocionada, a diretora-geral do hospital, Maria Auxiliadora Vitorino, a Dora, afirmou que “o sentimento é de orgulho e de gratidão pela sensibilidade do governo em valorizar os funcionários e as pessoas que precisam da Saúde Pública com qualidade”.

Governador Gladson Cameli assina uma das seis ordens de serviço para mais investimentos nas unidades de saúde de todo o estado. Foto: Diego Gurgel/Secom

Mais ordens de serviços somam R$ 32 milhões em novas obras

Mais seis ordens de serviços foram assinadas pelo governador, na cerimônia desta segunda-feira, visando à revitalização de instituições da Saúde. A primeira foi a abertura de licitação para a nova maternidade de Rio Branco no valor de R$ 28 milhões, enquanto que a Unidade Mista de Saúde Ana Neri, em Acrelândia, terá R$ 793 mil para reforma. A Unidade de Saúde de Vila Campinas também será ampliada a um custo de R$ 1,2 milhão.

Autoridades do Legislativo nas três esferas políticas com o governador Gladson Cameli e a secretária de Saúde, Paula Mariano, exibem as ordens de serviço. Foto: Diego Gurgel/Secom

A quarta ordem a ser assinada foi a reforma da cobertura e do forro da Maternidade Bárbara Heliodora, orçada em R$ 300 mil. Outros R$ 700 mil serão destinados para a reforma da sala de espera do Hospital de Câncer do Acre e a sexta ordem foi para a liberação de R$ 500 mil para reformas no setor de Nefrologia da Fundação Hospitalar do Estado do Acre.

O que disseram as autoridades

Nicolau Junior. Foto: Diego Gurgel/Secom

“A gente se sente honrado pelo trabalho de vocês. Parabéns a todos os servidores e parabéns ao governador e sua equipe.”

Nicolau Junior,  presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Acre

Dora Vitorino. Foto: Neto Lucena/Secom

“Hoje é um dia único. Ímpar para a nossa comunidade. Acolher com dignidade quem nos procura é o nosso maior desejo.”

Dora Vitorino, diretora-geral do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco

Roberto Sanctti Foto: Odair Leal/Secom

“Estou aqui muito emocionado, porque a minha filha, Juliana, foi a primeira a precisar da ambulância aérea do governo e a ser trazida para o Pronto-Socorro. Deus tem uma bondade infinita e ele está em cada um de nós. A vida de uma pessoa não tem preço. Muito obrigado.”

Roberto Sanctti, servidor público

Paula Mariano. Foto: Neto Lucena/Secom

“É uma obra magnífica para um hospital grandioso, que atende sete mil pacientes por mês, que proporciona 500 cirurgias nesse mesmo período de tempo e possibilita cinco mil exames de raio-x mensais. A nossa política é a do amor. Aqui tem história e história de vitória.”

Paula Mariano, secretária de Estado da Saúde

Cirleudo Alencar .Foto: Neto Lucena/Secom

“Este governo é incansável. E o nosso esforço contínuo está nos permitindo cumprir com o cronograma das obras da Saúde também no interior. Foi assim com a unidade Saúde de Manoel Urbano, a de Mâncio Lima e a reforma do Hospital João Câncio Fernandes, em Sena Madureira. A próxima será de Acrelândia.”

Cirleudo Alencar, secretário estadual de Infraestrutura

Vereador N. Lima. Foto: Diego Gurgel/Secom

“Quero parabenizar o governador e todos vocês, trabalhadores da Saúde. A mensagem é de gratidão ao nosso sistema de Saúde pela bravura e compromisso com que encaram o trabalho. Tem gente aqui que dá sua vida para salvar outras vidas. Parabéns a todos.”

Vereador N. Lima, presidente da Câmara de Vereadores de Rio Branco

Alan Rick Foto: Diego Gurgel/Secom

“O senhor [governador] pegou a situação na Saúde em extrema precariedade e a deixou equipada, humanizada e revitalizada. Não é fácil consertar um carro com ele andando. E na Saúde, a palavra é parceria, todos juntos, a bancada federal, a Assembleia Legislativa e o governo do Estado.”

Alan Rick, deputado federal

%d blogueiros gostam disto: