Governo boliviano fecha fronteira com Epitaciolândia e Brasiléia

O governo boliviano vai fechar a fronteira entre Epitaciolândia, Brasiléia e Cobija, capital do Departamento (Estado) de Pando, a partir das 23 horas de sábado, 19, em função das eleições para presidente, senador e deputado federal no domingo, 20. O presidente Evo Morales disputa o quarto mandato sucessivamente pelo Movimento Ao Socialismo (MAS). O seu concorrente é o ex-presidente Carlos Mesa, da Frente Revolucionária de Isquierda (FRI). Segundo institutos de pesquisas do país vizinho, a eleição será definida em segundo turno, já que Morales está enfraquecido por denúncia de corrupção.

A maioria dos estudantes brasileiros que cursam medicina saíram da capital boliviana. Desde sexta feira é feriado no país que volta a normalidade na segunda feira. Os dois acessos estarão fechados e carros não poderão circular nas ruas. Brasileiros com dupla nacionalidade terão acesso aos locais de votação. Na Bolívia o voto é obrigatório. Quem deixar de comparecer não pode ter acesso a nenhum serviço público, inclusive escolas e faculdades

%d blogueiros gostam disto: