Governo inicia entrega de equipamentos para fortalecer a agricultura familiar

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e das Políticas Indígenas (Semapi), iniciou a entrega de equipamentos com investimentos de aproximadamente R$ 3 milhões para fortalecer a agricultura familiar. Na manhã deste sábado, 18, um caminhão baú, 260 caixas plásticas para transporte e 52 caixas térmicas foram entregues no Projeto de Assentamento Zaqueu Machado, para o grupo Horta Nativa, que trabalhar na produção de hortaliças e frutas.

Governo inicia a entrega de equipamentos com investimentos de aproximadamente R$ 3 milhões para fortalecer a agricultura familiar. Foto Assessoria Semapi

São aproximadamente 36 famílias de Capixaba beneficiadas com um valor total investido de R$ 474.498,76. O secretário de Estado do Meio Ambiente e das Políticas Indígenas, Israel Milani esteve presente na entrega. “Essa iniciativa do governo é para que os comunitários possam ter autonomia nos seus processos produtivos, principalmente com relação ao escoamento dos produtos. Melhorar a qualidade de vida e trabalho dessas pessoas é também reduzir a pressão sobre o desmatamento”, argumentou.

A inciativa faz parte do Programa de Incremento Produtivo Comunitário (IPC), que consiste em um instrumento de inclusão dos pequenos produtores na política de governo, para que eles tenham a oportunidade de aperfeiçoar os processos das cadeias de valor escolhidas, tornando a propriedade produtiva e proporcionando a inserção no mercado de forma eficaz.

Os IPCs fazem parte das ações do Programa de Saneamento Ambiental Integrado e Inclusão Socioambiental do Acre (Proser) financiado pelo Banco Mundial (BIRD). “Garantir a segurança alimentar da comunidade e desenvolver potencialidades produtivas, gerar emprego e renda. Esse também é papel da gestão ambiental. Precisamos cuidar da Amazônia e também das pessoas que nela vivem”, complementou Israel Milani.

Os IPCs fazem parte das ações do Programa de Saneamento Ambiental Integrado e Inclusão Socioambiental do Acre (Proser) financiado pelo Banco Mundial (BIRD). Foto Assessoria Semapi

Estiveram presentes na solenidades de entrega o prefeito do município de Capixaba, Manoel Maia, o vice-prefeito Richard Lima, o presidente da Câmara de Vereadores de Capixaba, Amilton Cunha da Costa, a presidente do Instituto de Mudanças Climáticas (IMC), Joice Nobre, o diretor do Instituto de Meio Ambiente (Imac), Renê Fontes, além de vereadores, secretários municipais e comunitários.

Com entusiasmo, o coordenador do grupo Horta Nativa, Laedes Felix da Silva, agradeceu o apoio do governo. “Nós vamos melhorar muito a nossa produção e essa iniciativa nos orgulha muito. Estamos muito agradecidos pelo caminhão e pelas caixas para armazenar nossos produtos da forma correta. Agora nossas verduras vão chegar na feira limpinhas, sem lama ou poeira”, disse o comunitário.

Entrega equipamentos Capixaba. Foto Assessoria Semapi
Entrega equipamentos Capixaba. Foto Assessoria Semapi
Entrega equipamentos Capixaba. Foto Assessoria Semapi
Entrega equipamentos Capixaba. Foto Assessoria Semapi
Entrega equipamentos Capixaba. Foto Assessoria Semapi
Entrega equipamentos Capixaba. Foto Assessoria Semapi

Mais entregas

Na sexta-feira, 10, foram entregues equipamentos com investimentos na ordem de R$ 260 mil para a comunidade do Walter Arce, no município do Bujari. O investimento para a comunidade ocorreu desde o trabalho realizado pelos técnicos, com assistência técnica a cada produtor, realização de cursos na área de gestão, associativismo e coleta de solos.

Na sexta-feira, 10, foram entregues equipamentos com investimentos na ordem de R$ 260 mil para a comunidade do Walter Arce, no município do Bujari. Foto: Assessoria Semapi

“O investimento possibilitou fazer a aquisição de dois microtratores, composto com adubadeira, carreta agrícola, roçadeira, encanteirador e salvador. Ainda foram compradas duas tendas para ajudar nas feiras, pois a comunidade expõe seus produtos em feiras livres na cidade de Rio Branco, duas vezes por semana”, explicou Israel.

A Associação dos Produtores e Produtoras Rurais Três Fronteiras agrega mais de 36 famílias que vivem da agricultura familiar. Fazem parte do grupo das mulheres campesinas e estão modificando seu modo de produção, se tornando agricultores orgânicos, sem a utilização de veneno. São produtores de diversos tipos de produtos, entre eles farinha, goma de mandioca, frutas, mas principalmente desenvolvem a horticultura.

“Pra gente é uma alegria muito grande receber esse benefício. Vai reduzir e muito o nosso trabalho que já é tão difícil. Agora teremos ainda mais força de vontade para melhorar, cada vez mais”, disse a produtora rural Maria Gisele de Lima Silva.

A deputada federal Vanda Milani prestigiou a entrega. O prefeito de Bujari, Padeiro, o vice, Francisco Bessa, o presidente da Associação Três Fronteiras, Francisco e os vereadores Luciano da saúde e Elias Daier também prestigiaram a solenidade.

A próxima comunidade beneficiada será na Vila Campinas, em Plácido de Castro. A Cooperaçaí vai receber na próxima terça-feira, 21, um câmara fria, dois filtros de poço artesiano e um caminhão com baú refrigerado.

%d blogueiros gostam disto: