Governo reinaugura Concha Acústica no Dia do Trabalhador

No Dia do Trabalhador, 1º de maio, o governo do Estado do Acre, por meio da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), reinaugura a Concha Acústica Jorge Nazaré, às 18h, com a presença de artistas locais, gestores e sociedade civil, além da presença da Banda da Polícia Militar (PMAC). A banda Ara Ketu também irá se apresentar.

Espaço será entregue neste domingo, 1º. Foto: Marcos Vicentti/Secom

O espaço cultural, que foi inaugurado no ano de 2002, é referência no que diz respeito a performances, shows, intervenções culturais e atividades diversas. Está localizado em Rio Branco, no Parque da Maternidade e é um dos pontos turísticos mais famosos da capital. Este palco de eventos culturais e esportivos é um importante local de encontro da população.

Devido ao aumento de casos relacionados à pandemia da covid-19, de gripe e com a nova variante do coronavírus, o espaço seguiu sem funcionamento. Porém, o governo do Estado do Acre buscou a retomada das atividades culturais.

A obra foi contratada pela Fundação Elias Mansour (FEM) e executada pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra). Foram investidos R$ 300 mil para a revitalização do espaço artístico-cultural, que recebeu uma nova lona, com mais resistência, nova pintura e rampas, para maior acessibilidade, garantindo um alcance mais efetivo de artistas e do público.

Foram investidos R$ 300 mil para a revitalização do espaço artístico-cultural. Foto: Marcos Vicentti/Secom

De acordo com o presidente da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), Manoel Pedro (Correinha), a Concha Acústica é um local de extrema importância para a sociedade, pois fortalece a cultura no estado.

“É com muito orgulho que entregamos a concha para a população, principalmente aos artistas, para  utilizarem deste espaço. A concha sempre foi um lugar com o qual tivemos um olhar muito cuidadoso. Devido à pandemia e por esse ser um local de muito movimento e eventos, não poderíamos arriscar a saúde da população, mas agora conseguimos entregar com êxito”, frisou.

A concha é considerada um palco universal. Em seu entorno transitam pedestres e ciclistas  em busca dos eventos culturais que acontecem por lá. O  local já recebeu músicos como Lenine, João Donato e a banda Los Porongas, atrações de carnaval e festivais como o Chico Pop, que faz referência ao jornalista acreano homônimo.

Jorge Nazaré

Presidente da FEM, Manoel Pedro (Correinha), em visita às obras da Concha Acústica. Foto: cedida

Jorge Nazaré Guimarães Gama (1960–1999),  natural de Rio Branco, tornou-se conhecido por sua contribuição ao movimento cultural audiovisual. Poeta, indigenista, ator e produtor de eventos, se destacou, também, como ativista

%d blogueiros gostam disto: