Homem morre após levar paulada na cabeça durante bebedeira

Homem morre após levar paulada na cabeça durante bebedeira em Rio Branco — Foto: Divulgação/DHPP

Homem morre após levar paulada na cabeça durante bebedeira em Rio Branco — Foto: Divulgação/DHPP

Mais um caso de morte violenta foi registrado nesse domingo (2) no estado nos primeiros dias do ano. Vildes de Almeida Dantas morreu após levar uma paulada na cabeça durante uma bebedeira no bairro Nova Estação, em Rio Branco. Esse foi o terceiro homicídio em cerca de 24h.

Segundo informações do Centro de Operações Policiais Militares (Copom), populares afirmaram que a vítima estava na frente de uma casa consumindo bebida alcoólica com outras pessoas. E que em determinado momento um homem chegou cobrando uma quantia em dinheiro da vítima e após ela se recusar a pagar, o autor desferiu uma paulada na cabeça de Dantas e depois fugiu.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada para atender a ocorrência, mas ao chegar no local, a vítima já estava sem vida. Ficou constatado que Dantas teve um traumatismo cranioencefálico grave após a paulada.

O local do crime foi isolado para o trabalho da perícia técnica e o corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para os devidos procedimentos. Ainda segundo o Copom, uma filha da vítima foi quem reconheceu o corpo no local.

Outros crimes

No sábado (1º) foi registrada a primeira morte violenta do ano. O caso ocorreu em Sena Madureira, no interior do Acre. Erivaldo Fernandes de Paula Nascimento foi assassinado a pauladas durante uma confusão no bairro Niterói, Segundo Distrito do município.

Um homem de 23 anos foi preso pela Polícia Militar (PM-AC) pelo crime. O tenente da PM-AC, Fábio Diniz, disse que houve uma discussão no local e a vítima teria ameaçado o suspeito com uma garrafa. Homem reagiu e desferiu vários golpes na vítima com um pedaço de madeira.

Já no domingo (2), o morador de rua Marcos Henrique Batista dos Santos, de 31 anos, foi morto no Centro de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre. Ele teve 13 perfurações de faca e o rosto bastante machucado por pauladas e facadas também.

O crime foi em uma parada de mototáxi no Centro da cidade, em frente a Caixa Econômica Federal, por volta das 2h da madrugada. De acordo com a Polícia Militar, duas testemunhas foram ouvidas, já que presenciaram o crime.

%d blogueiros gostam disto: