Invasão do Segundo Distrito que teve jovem executado foi comandada pelo ex-presidiário “Pita”

Policiais Civis do município de Sena Madeireira, prendeu e apreendeu 06 suspeitos de terem participado da morte de Welisson Coelho de Souza, 22 anos. O fato ocorreu na manhã de quarta-feira, 27. A vítima Welisson, morreu com várias facadas nas costas e foi alvejado por vários disparos de arma de fogo

Uma ação rápida do grupo de inteligência da Polícia Civil, conseguiu chegar aos suspeitos. O mais conhecido deles é o ex-presidiário “Pita”, Manoel Nazareno Araújo dos Santos, bem conhecido no meio policial.

Segundo as investigações, Manoel “Pita” é o mentor do ataque a facção Bonde dos 13, que comanda toda a região do Segundo Distrito do município. A prisão aconteceu na casa do acusado, no Beco da Pastoral, bairro Pista.

Fora o mandante, a polícia apreendeu um adolescente de 14 anos, inciais R.S.O e mais cinco pessoas. Ecildo Nascimento de Lima, vulgo “Cildo”, 24 anos, Marizandro Gamas Negreiros, 20 anos e Eudinei Nascimento de Lima, vulgo “Dinei”, 18 anos, William Santos de Lima, 19 anos e uma indígena de 13 anos, T.B.J.

Esses dois últimos são responsáveis por irem a região após o ataque, para picharem muros, postes, com sigla do CV, como demostração de tomada de território. A polícia não encontrou as armas usadas no ataque.

Os faccionados queriam ocupar uma área que é comandada pela facção rival Bonde dos 13, mas a ação acabou não dando certo e todos acabaram presos.

Os envolvidos serão levados para o Presídio Evaristo de Moraes, após passar pela audiência de Custódia.

%d blogueiros gostam disto: