No AC, mulher constrói monumento com Tábuas dos Dez Mandamentos para visitação: ‘réplica do Monte Sinai’

uem visita a fazenda da empresária Ivete Damasceno, de 58 anos, em Tarauacá, interior do Acre, se surpreende com um monumento em tamanho gigante do Monte Sinai, local onde, segundo a bíblia e a tradição judaica, Deus entregou a Moisés as duas Tábuas dos Dez Mandamentos. A réplica tem duas colunas de mais de 2 metros de altura com os mandamentos gravados em números romanos.

As colunas foram colocadas em cima de pedras menores, que formam um monte, lado a lado. Próximo ainda tem uma bíblia e um quadro com uma foto de uma nuvem em formato de coluna que serviu de inspiração para a empresária. O monumento começou a ser construído em julho de 2020 e foi inaugurado por religiosos em setembro de 2021.

A bíblia descreve, no livro de Êxodo, que Moisés subiu ao Monte Sinai, no Egito, seguindo uma ordem de Deus para uma experiência. No cume do monte, o líder religioso teria ficado 40 dias e 40 noites e recebeu as Tábuas da Lei, que continham instruções para ajudar o povo, escritas pela divindade.

Colunas de mais de 2 metros têm os dez mandamentos gravados em romanos — Foto: Ivete Damasceno/Arquivo pessoal

Colunas de mais de 2 metros têm os dez mandamentos gravados em romanos — Foto: Ivete Damasceno/Arquivo pessoal

Ainda conforme a tradição cristã, o líder religioso subiu duas vezes ao monte para receber as instruções. As duas primeiras tábuas entregues foram quebradas. Depois, Moisés teria subido novamente e recebido outras duas tábuas com as mesmas instruções.

“Estava sem fazer nada em casa e queria algo para evangelizar. Pensei no Monte Sinai e fui pesquisar o que poderia fazer com isso. Sabia que foi o local onde Moisés recebeu as Tábuas dos Dez Mandamentos, mas não sabia o que poderia fazer”, relembra Ivete.

Ivete é de uma família católica e cresceu dentro da igreja. Ela diz que se sentiu incomodada e queria fazer algo que levasse as pessoas a buscar a Deus, orar, meditar e agradecer cada vez mais.

“Tudo o que lemos é sobre evangelizar, o que temos que fazer. Hoje até uma mensagem que você manda para uma pessoa é uma forma de evangelizar pelo celular. Todo dia agradeço a Deus por estar viva porque a cada dia acontece alguma tragédia e uma hora pode ser a gente também. Quero estar a todo tempo na presença de Deus”, complementa.

Percurso é sinalizado com mandamentos descritos em pedras  — Foto: Ivete Damasceno/Arquivo pessoal

Percurso é sinalizado com mandamentos descritos em pedras — Foto: Ivete Damasceno/Arquivo pessoal

Releitura

Foi durante a pesquisa na internet que Ivete descobriu que poderia fazer uma releitura do caminho percorrido pelo líder Moisés até o monte. O local escolhido para a construção foi uma fazenda da família dela, localizada no Ramal do 27, na BR-364, no município do interior.

O monumento foi construído em um percurso de 500 metros dentro da propriedade. Logo na entrada, o visitante se depara com uma pedra onde está descrito o primeiro mandamento: ‘Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento”.

Inauguração do monumento atraiu vários moradores de Tarauacá e regiões próximas — Foto: Arquivo pessoal

Inauguração do monumento atraiu vários moradores de Tarauacá e regiões próximas — Foto: Arquivo pessoal

Todo o percurso é sinalizado com outras pedras que contêm os demais mandamentos. A peregrinação termina quando o visitante chega onde estão as duas colunas gigantes que têm todos os mandamentos juntos. A empresária acredita que recebeu uma inspiração divina que a ajudou a escolher o local exato do monumento e também onde escreveria os monumentos.

“Estava projetando uma coisa muito bonita, como ficou, uma réplica do Monte Sinai, mas questionei a mim mesma: ‘Meu Deus, será que isso não está sendo uma vaidade minha? Ou é uma obra tua?’. E tirei várias fotos do local para definir como seria feito. Quando cheguei em casa, fui ver uma das fotos e tinham várias nuvens muito bonitas e uma em formato de uma pedra no local onde eu tinha escolhido para fazer o Monte Sinai”, recorda.

Para Ivete, a foto serviu como uma resposta e confirmação do projeto. Todo o material usado na construção do monumento foi retirado da propriedade da empresária. Após contar o propósito para a família, ela diz que recebeu ajuda e apoio do marido. Foram disponibilizadas máquinas para carregar o material e funcionários.

Local é visitado por turistas e moradores do estado desde o ano passado — Foto: Ivete Damasceno/Arquivo pessoal

Local é visitado por turistas e moradores do estado desde o ano passado — Foto: Ivete Damasceno/Arquivo pessoal

“A gente vive nesse mundo sem saber se está fazendo para Deus ou para o homem. Todas as pedras tirei do local do percurso, não levei nada para lá. Eu tinha que pedir o consentimento do meu marido, mas ele me apoiou em tudo, não houve empecilho. Tiveram respeito pelo que contei”, destaca.

O espaço foi inaugurado em setembro de 2021 com a presença de alguns líderes religiosos. Desde então, o local ficou como um ponto turístico e já recebeu pessoas de Manaus e Belém, além do Acre. A empresária falou que não tem noção de quantas pessoas já passaram pelo local.

“Na inauguração veio um senhor e falou para mim que chegou ali arrastado, mas que estava andando e indo para todos os lugares. Tiveram sete pastores e um padre no dia da inauguração e falaram que sentiram a presença de Deus”, conclui.

Ivete Damasceno criou espaço para levar a palavra de Deus para as pessoas  — Foto: Arquivo pessoal

Ivete Damasceno criou espaço para levar a palavra de Deus para as pessoas — Foto: Arquivo pessoal

%d blogueiros gostam disto: