Polícia “caça” mulheres que tentaram matar outra a golpes de gargalo de garrafa 

O Acre é  o quarto estado do Brasil, no triste ranking de violência contra a mulher.

Mas, nos últimos tempos essa violência não ficou restrito o ato praticado por homens contra  mulheres, ao contrário, o índice de violência entre mulheres é  preocupante.

Desde Homicídios, espancamento e até agressões públicas, principalmente entre adolescentes ou jovens entre 18 à  23 anos.

O palco para a prática insana tem sido locais de festas abertas ao público ou salas de aulas.

Na madrugada do último domingo, 08, no município de Sena Madureira,  durante uma festa em que dezenas de jovens consumiam bebidas alcoólicas,  duas ou três mulheres se uniram para agredir outra a golpes de garrafa.

O resultado da agressão é que a vítima sofreu corte profundo na cabeça,  rosto, pescoço,  mãos e por pouco a agressão com lesão grave não se transforma em homicídio.

Delegado Leonardo Meyohas, já ouviu depoimento da vítima e disse que deverá concluir o inquérito nos próximos dias com indiciamento das acusadas,  que podem responder por crimes de lesão grave ou até mesmo por tentativa homicídio.

%d blogueiros gostam disto: