Com menos de meio metro, Rio Iaco atinge menor cota dos últimos 12 anos em Sena Madureira

O Rio Iaco na cidade de Sena Madureira, no interior do Acre, apresentou a menor cota dos últimos 12 anos, segundo dados da Defesa Civil Municipal. O manancial marcou 45 centímetros nesta quinta-feira (18).

Mesmo estando com nível muito baixo, a situação não preocupa com relação ao abastecimento da cidade. Foi o que disse o coordenador da Defesa Civil de Sena Madureira, Carlos D’Ávila.

“Ele vinha nessa oscilação, mas há poucos dias deu essa baixa. Mas, temos previsão de chuvas para os próximos dias e agora para frente é inverno e a situação deve normalizar. Aqui não tem problema nenhum porque a água não falta”, disse o coordenador.

Desde que os dados passaram a ser sistematizados, em novembro de 2005, essa foi a menor cota. No mesmo dia no ano passado, o Rio Iaco chegou a 90 centímetros e, antes disso, a menor cota tinha sido em 2016, quando marcou 1,78 metro.

O diretor de Abastecimento das Cidades do Interior do Departamento de Pavimentação e Saneamento (Depasa), Davi Bussons, confirmou que o abastecimento na cidade não fica comprometido com a situação do rio.

“A captação de lá é através de bombas flutuantes, que acompanham o nível do rio. Então, mesmo nesse nível de 45 centímetros, a gente ainda consegue fazer a captação de água, porque a válvula da bomba ainda está mergulhada no rio”, afirmou Bussons.

Com informações G1Ac
%d blogueiros gostam disto: