Imigrantes que estão em Assis Brasil testam positivo para Covid

Centenas de imigrantes tentaram e seguem tentando entrar no Peru pela pequena cidade de Iñapari que faz fronteira com o município Acreano de Assis Brasil, quase todo o grupo conseguiu pisar em solo peruano, o grupo formado em sua maioria por homens foi o primeiro a ser conduzido, quase imediatamente, de volta à Ponte da Integração.

Enquanto isso acontecia, vários deles indicaram que estavam sendo separados de suas famílias, pois indicaram que suas esposas e filhos haviam conseguido atravessar. Nesse sentido, os imigrantes gritaram e “encenaram” imagens de dor, alegando temer que o grupo que ingressou voltasse sem o dinheiro que levaram, ao mesmo tempo em que pediram permissão para se juntar ao resto do grupo.

Ainda de acordo com autoridades peruanas, 14 imigrantes ficaram em território peruano e receberam atenção médica no posto de saúde de Iñapari, consequência do enfrentamento com autoridades policiais e militares do País vizinho.

A Direção Regional de Saúde informou que os diagnósticos dos doentes analisados ​​foram contusão, desidratação, cólicas abdominais, constipação, cefaleia e mal-estar geral, entre outros. Ao mesmo tempo, eles indicaram que haviam feito um teste rápido para COVID-19 e que duas pessoas tiveram resultados positivos.

Na terça-feira, 16, foi registrado na Unidade Mista de Assis Brasil a primeira possível imigrante contaminada pelo coronavírus. Já bastante debilitada pela covid-19 , a mesma conseguiu ser transferida para a unidade de referência Regional  da cidade de Brasileia, onde segue em tratamento.

Uma outra preocupação das autoridades e profissionais de saúde do município, é o aumento acentuado de  imigrantes que procuram atendimento na unidade de Assis Brasil que já está sobrecarregada com as demandas locais, vale salientar que Assis Brasil possui o maior nível de contaminação por Covid-19 no Acre por cada 100 mil habitantes.

%d blogueiros gostam disto: