Internado com Covid-19, técnico sofre parada cardíaca e morre no Acre no dia do aniversário

Por Duaine Rodrigues

Contratado para comandar o Plácido de Castro no Campeonato Acreano 2021, o técnico Radson Júnior morreu na noite deste sábado (27), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into), em Rio Branco. Ele completava 36 anos exatamente neste sábado.

O treinador estava internado contaminado pelo novo coronavírus desde o dia 14 de março, e não resistiu a uma parada cardíaca. A informação foi confirmada ao ge pelo empresário e investidor do Tigre do Abunã, Juan Cruz, na manhã deste domingo (28).

Radson Júnior nem chegou a comandar treinos no Plácido de Castro por conta da pandemia — Foto: Arquivo Pessoal

Radson Júnior chegou ao Into no dia 20 de março, transferido da cidade de Plácido de Castro, aonde foi diagnosticado com uma dengue e posteriormente com a Covid-19. Em Rio Branco, exames identificaram que ele tinha diabetes. Foi intubado, mas o quadro que era grave não teve melhoras até esta sexta, quando faleceu.

Ele foi anunciado no início do ano como técnico do Plácido de Castro, mas não chegou a comandar a equipe nem em treinos e nem em jogos. Estava na cidade do interior do Acre, a 95 km da capital, aguardando a liberação do futebol, que está paralisado desde o início do mês de fevereiro em virtude de medidas restritivas do governo do Acre por conta da pandemia do novo coronavírus. Em 2019, trabalhou no Cascavel-PR.

A reportagem, Juan Cruz informou que a família está tentando a autorização para traslado do corpo para Montes Claros (MG), cidade natal do treinador.

Morte choca clube, que lamenta em nota

O vice-presidente do Plácido de Castro, Nericildo Silva, ficou sabendo da morte do treinador através da reportagem do ge, que entrou em contato para questionar se o clube daria algum auxílio à família de Radson Júnior nesse momento.

Chocado com a tragédia, o dirigente afirmou que ainda não sabe como proceder diante de uma situação tão difícil e dolorosa. Em seguida, o Tigre do Abunã divulgou uma nota de pesar. Confira:

Nota de Pesar

É com extremo pesar e consternação que o Plácido de Castro Futebol Clube comunica e lamenta o falecimento do treinador Radson Júnior, ocorrido na noite deste sábado (27), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into), em Rio Branco.

O treinador foi contratado para comandar o Tigre do Abunã no Campeonato Acreano desta temporada. Com o futebol paralisado no estado por causa das medidas restritivas do governo em virtude da pandemia do novo coronavírus, estava em Plácido de Castro aguardando a liberação das atividades para iniciar os trabalhos em campo no clube.

No dia 14 de março, foi diagnosticado com uma dengue e internado no hospital da cidade. Posteriormente, diagnosticaram que estava contaminado pela Covid-19. Foi transferido para Rio Branco, onde ficou desde o dia 20 de março no Into.

Teve o estado de saúde agravado, foi intubado e neste sábado, data em que completava 36 anos de idade, não resistiu a uma parada cardíaca.

O momento é de dor e luto para família, amigos e clube, este último que tinha em Radson Júnior o principal nome para um projeto em longo prazo dentro do futebol acreano.

Plácido de Castro Futebol Clube, Acre – 28/03/2021

%d blogueiros gostam disto: