Sindicato pede reforço da PM dentro de coletivos para evitar assaltos em Rio Branco

Ônibus foi assaltado /Foto: reprodução

Após o assalto a um ônibus, o qual faz a linha da Universidade Federal do Acre (Ufac), ter sido registrado na última segunda-feira (29), onde passageiros e motorista foram sequestrados e levados para um ramal por um grupo armado, as empresas que realizam transportes coletivos em Rio Branco irão pedir reforço da Polícia Militar para garantir a segurança em pelo menos 17 rotas consideradas perigosas.

O Sindicato das Empresas de Transportes Coletivos do Estado do Acre (Sindicol), disse que já solicitou à Polícia Militar, por meio de ofício, policiais armados para fazer a segurança dentro dos coletivos e garantir a integridade dos passageiros e motoristas.

Segundo o gerente de operações da Via Verde Transporte, Júnior Pinheiro, os assaltos na rota da Ufac são atípicos, mas que deve tomar todas as medidas de segurança necessária.

“A gente vai pedir segurança para todas as linhas,. O sindicato e os outros órgãos foram informados e estamos aguardando resposta”, disse o gerente de operações da empresa.

%d blogueiros gostam disto: