Acre fica isolado por via terrestre após BR-364 ser interditada devido ao transbordo do Rio Jamari, em RO

 

Janine Brasil

BR-364 ficou alagada nesta quinta-feira (24) — Foto: Reprodução

BR-364 ficou alagada nesta quinta-feira (24) — Foto: Reprodução

Mais uma vez o Acre fica isolado por via terrestre. O motivo é a interdição da BR-364 no KM 540, em Alto Paraíso (RO). O comunicado foi colocado nas redes sociais da Polícia Rodoviária Federal de Rondônia (PRF-RO), nesta quinta-feira (24), e o isolamento do Acre confirmado pela PRF-AC. No comunicado, a polícia explicou que o tráfego de veículos foi interrompido e não há previsão de reabertura da BR neste trecho.

O bloqueio fica próximo ao município rondoniense de Ariquemes (RO) e ocorreu devido a cheia do Rio Jamari, que transbordou e alagou toda a rodovia.

Procurado, o governo do Acre disse que está entrando em contato com as autoridades para se inteirar da situação.

No comunicado, a PRF orienta que os motoristas devem “evitar viagens para a região [de Ariquemes], visto que não há rotas alternativas em condições de tráfego”.

A PRF informou ainda que os técnicos do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) já estão trabalhando para tentar reabrir a rodovia. “Reforçamos que, neste momento, não há previsão para normalização da situação e viagens não são recomendadas”, diz o documento.

Em 2014 Acre ficou isolado durante cheia histórica do Rio Madeira  — Foto: Sérgio Vale/Secom Acre/Arquivo

Em 2014 Acre ficou isolado durante cheia histórica do Rio Madeira — Foto: Sérgio Vale/Secom Acre/Arquivo

Acre isolado em 2014

Há sete anos, o estado chegou a ficar isolado e passou por momentos críticos por causa da cheia histórica do Rio Madeira, em Rondônia. Para chegar até o estado vizinho, quem mora no Acre precisa percorrer uma parte do trajeto pela rodovia e, na época, era necessário atravessar o rio de balsa, pois ainda não havia a ponte sobre o Rio Madeira.

Em 2014, o Rio Madeira atingiu sua cota histórica, chegando a 19,74 metros, situação que deixou o Acre isolado via terrestre por vários dias e dificultou ainda mais o acesso ao estado. O governador da época, Tião Viana, decretou situação de emergência.

A população chegou a ficar mais de 20 dias por causa da cheia do Madeira, e os moradores enfrentaram um cotidiano marcado por privações e incertezas, em que os combustíveis começam a faltar nos postos de gasolina, os alimentos nas prateleiras e quando eram achados nos supermercados estavam com os preços muito mais altos do que o normal.

Na época, os acreanos enfrentaram o racionamento de diversos alimentos nas prateleiras, além de gás de cozinha e combustíveis, o que gerou grandes filas de veículos nos postos. O Estado foi obrigado a importar alimentos, insumos e outros do Peru por meio da Estrada do PacíficoO cenário era de incertezas e preços altos.

Ponte que liga AC e RO foi inaugurada no dia 7 de maio de 2021 — Foto: Pedro Devani/Secom-AC

Ponte que liga AC e RO foi inaugurada no dia 7 de maio de 2021 — Foto: Pedro Devani/Secom-AC

Ponte do Madeira inaugurada

Após sete anos em construção e décadas de espera, a ponte sobre o rio Madeira, na região de Abunã em Porto Velho, foi inaugurada no dia 7 maio de 2021. Localizada na BR-364, a ponte facilitou o acesso ao Acre, que era feito apenas por balsa. Além disso, gerou expectativa no setor produtivo dos dois estados para o desenvolvimento econômico da região.

%d blogueiros gostam disto: