Final de Carnaval: Boneco resgatado no Rio Acre pelo bombeiros foi jogado por bloco carnavalesco de Cobija

O caso envolvendo um boneco que foi resgatado no rio Acre pela equipe de resgate do Corpo de Bombeiro na noite deste domingo, dia 6, foi desvendado após a divulgação da nota ainda na mesma noite.

Como foi anunciado antes, moradores já nas proximidades da ponte metálica que liga as cidades de Brasiléia e Epitaciolândia, perceberam que algo com semelhança de um corpo, boiava e descia no rio.

Foi quando ligaram para o Corpo de Bombeiros para avisar do fato e que de pronto, enviou uma equipe para averiguar e resgatar o possível corpo. Importante destacar que os socorristas de Xapuri e Cruzeiro do Sul ainda estão realizando buscas por corpos desaparecidos nos rios da região.

Equipe dos bombeiros do 5º Batalhão do Alto Acre foram acionados por populares que acharam que fosse um corpo boiando no Rio.

Já nas proximidades do Bairro José Braúna, o resgate foi feito e viram que passava apena de um boneco. Somente horas depois, se pode descobrir a verdade e vídeos foram publicados.

O que ocorreu, seria o final do tradicional ‘carnavalito’ realizado na cidade boliviana de Cobija. Um bloco carnavalesco identificado como ‘Comparsas Libres’ terminou carnaval jogando um boneco chamado de ‘Pepino’ no rio simbolizando o fim da festa momesca no lado boliviano.

Destacou que o boneco era enterrado em carnavais passados e que desta vez, resolveram jogar no rio de cima da Ponte Wilson Pinheiro, como mostra um vídeo.

O jornalista Kike Navala conversou com um dos organizadores do bloco e esclareceu o fato que gerou o resgate do boneco pelo Corpo de Bombeiro do Acre. “Pedimos desculpas pelo transtorno, mas, é uma tradição aqui em Pando e iremos ver como faremos no próximo ano”, disse.

%d blogueiros gostam disto: