Motorista que conduzia van do acidente em Xapuri é afastado do governo; ele não estava a serviço do Estado no momento do acidente

NA HORA DA NOTICIA

O motorista Jean Lopes de Oliveira Júnior que conduzia um veículo com passageiros com destino a Rio Branco e se envolveu em um grave acidente no Km 181 da BR-317, foi afastado de suas funções.

O trágico acidente que vitimou cinco mulheres ocorreu na manhã de quarta-feira, 27.

Em nota, assinada pelo diretor-presidente da Companhia de Armazéns Gerais e Entrepostos do Acre (Cageacre), Jessé Silva da Cruz, foi informado que o servidor foi afastado de suas funções, uma vez que a legislação vigente preconiza dedicação exclusiva ao cargo público em que estava investido.

Veja a nota na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em virtude do envolvimento do diretor operacional da Companhia de Armazéns Gerais e Entrepostos do Acre (Cageacre), Jean Lopes de Oliveira Junior, como motorista do veículo de transporte de passageiros que se envolveu no acidente que culminou com cinco vítimas fatais no Km 181 da BR-317, ontem, em Xapuri, o Estado do Acre, por meio da Cageacre, informa que o servidor foi afastado de suas funções, uma vez que a legislação vigente preconiza dedicação exclusiva ao cargo público em que estava investido.

A Segurança Pública do Estado segue com as investigações.

Na oportunidade externamos nossas condolências às famílias enlutadas diante de tão grande perda.

Rio Branco – Acre, 28 de julho de 2022.

Jessé Silva da Cruz
Diretor-Presidente da Cageacre

%d blogueiros gostam disto: