Relatório técnico sobre morte de boliviana em avenida de Epitaciolândia poderá estar pronto em cinco dias

O caso da morte de uma mulher de nacionalidade boliviana ocorrido na última sexta-feira, dia 10, quando caiu de moto em frente a um ônibus escolar e, supostamente, uma das rodas passou por cima de sua cabeça, está sendo investigado.

O acidente foi registrado pelo sistema de monitoramento da Sejusp, instalado na Avenida Amazonas, ao lado do estádio de futebol de Epitaciolândia. No dia, chovia e a pista estava muito molhada, dando impressão que Dinny Rojas Valdivia, de 34 anos de idade, teria tentado desviar uma poça d’água com sua moto, indo para a pista da esquerda quando o ônibus passava e a teria derrubado.

A mulher sofreu ferimentos graves na cabeça, com afundamento, múltiplas fraturas no rosto e não resistiu aos ferimentos indo a óbito no local. Mesmo com a chegada de uma equipe de socorristas do Corpo de Bombeiros do 5º Batalhão, que realizaram os primeiros procedimentos no local e a conduziram para o hospital, mas, nada puderam fazer para salvar a vida da vítima.

Segundo foi apurado pelo jornal oaltoacre.com, os procedimentos para tentar descobrir o que ocorreu, está nas mãos da perícia técnica. A ordem de trabalho foi emitida aos profissionais que terão cerca de cinco dias para responder com um parecer final.

As partes envolvidas e testemunhas estão sendo ouvidas. O delegado titular de Epitaciolândia, Luís Tonini, está à frente do caso e aguarda o relatório.

Tocador de vídeo

%d blogueiros gostam disto: