Após 4 dias no IML do RJ, corpo de Jheison Duarte não foi liberado

POR EVERTON DAMASCENO

O corpo do artista acreano Jheison Duarte, de 32 anos, que foi assassinado no Rio de Janeiro pelo próprio namorado, ainda não foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) para ser velado e sepultado pela família no Acre.

SAIBA MAIS: Jovem acreano é assassinado pelo próprio namorado no RJ após término de relacionamento

O artista foi encontrado morto na última segunda-feira (19) em seu apartamento, com algumas facadas espalhadas pelo corpo. Após buscas realizadas pela polícia no sentido de localizar o autor do crime, o namorado de Jheison foi capturado e confessou ter tirado a vida do acreano.

A polícia do Rio de Janeiro investiga o caso/Foto: Arquivo/OSG

A irmã de Jheison, Jeicy Duarte, foi até o Rio de Janeiro para tratar de todas as burocracias, mas ainda aguarda o IML liberar o corpo, que será transladado para o Acre e velado e sepultado em Brasileia, onde mora toda a família.

Uma campanha foi realizada para arrecadar fundos e ajudar nas despesas do translado.

Relembre o caso

Um homem, de 33 anos, foi preso em flagrante nesta segunda-feira (18), pouco depois de matar, a facadas, o namorado, no Fonseca, em Niterói. Seu namorado é o acreano Jheison Duarte, de 32 anos, natural de Assis Brasil, interior do Estado.

A prisão foi realizada por agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo. Jheison foi assassinado a facadas em seu apartamento, na noite desta segunda-feira (19), no Rio de Janeiro. De acordo com informações da imprensa local, os agentes da DHNISG foram acionados para um homicídio, “dentro de um apartamento na Rua Capitão Dalva Rabello, por volta das 19h. No imóvel encontraram o corpo de um homem, com diversas marcas de facadas”, detalhou o site O São Gonçalo.

Informações prestadas ao site pela polícia dão conta de que, no local, um amigo do casal que se conheceu no sistema prisional, acompanhou o trabalho da polícia e ajudou com informações sobre Jheison. “Após depoimentos, os policiais chegaram ao endereço onde o namorado da vítima estaria indo se esconder, na casa de uma familiar, no acesso ao Morro da Viradouro, em Santa Rosa, também em Niterói. O homem foi preso assim que chegou a residência, ainda no quintal da casa”, detalhou o site.

%d blogueiros gostam disto: