Carnaval fora de época em Assis Brasil movimenta regional do Alto Acre

Prefeito Jerry Correia e seu vice, Reginaldo Martins comemoram o retorno das atividades culturais após dois anos de pandemia

Era esperado pela organização, que a festa alusiva ao aniversário dos 46 anos de emancipação política de Assis Brasil, fosse normal após dois anos sem qualquer atividade devido a pandemia.

Felizmente, a expectativa foi superada em todas as áreas somente nos dois primeiros dias, previstos para terminar neste domingo, dia 15. Pontos importantes se destacam durante o evento que recebeu milhares de pessoas de pelo menos três nacionalidades, uma vez que Assis Brasil está localizada na tríplice fronteira do Brasil, no extremo Norte do estado do Acre com divisa entre a Bolívia e o Peru.

A segurança foi um fator que foi destaque, uma vez que os foliões contaram com um reforço de peso. Polícia Civil e Militar do Estado, tiveram o apoio do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) e Polícia Rodoviária Federal (PRF), além da segurança particular.

Prefeito Jerry Correia e seu vice, Reginaldo Martins, comemoram o resultado positivo da festa.

Quem conseguiu um espaço para oferecer alimento, além de outros expositores, elogiou o evento, pois, o faturamento foi positivo. Já a parte hoteleira, mercados, restaurantes e comércios em geral, também tiveram seu faturamento, até mesmo no lado peruano de Iñapari.

O auge da festa, ficou para este sábado, dia 14, quando muitos turistas lotaram a cidade. “Estamos felizes demais. Está além do que esperávamos e só temos que agradecer junto com todos que colaboraram de forma direta e indireta e Assis Brasil está em festa. Obrigado a todos que vieram para nossa festa”, disse o prefeito Jerry Correia.

Milhares de foliões prestigiaram a festa de 46 anos de emancipacão política de Assis Brasil.

Durante três dias, Assis Brasil recebeu o governador Gladson Cameli, que entregou obras e anunciou novos investimentos ao município e fortalecendo a parceria, além de receber uma Comenda. Com o políticos do Acre, como o presidente da Assembleia Legislativa do Acre – ALEAC, Nicolau Júnior, do deputado federal Léo de Brito, representantes da Bolívia e do Peru, entre outros convidados do judiciário, forças de segurança.

%d blogueiros gostam disto: