Jenilson apresenta requerimento solicitando audiência pública na Aleac para discutir mortes de crianças por SRAG no Acre

O deputado estadual Jenilson Leite (PSB), protocolou na manhã desta terça-feira (5), um requerimento convocando uma audiência pública, na próxima terça-feira (12), para tratar sobre as mortes de crianças por sídrome respiratória aguda grave (SRAG)no Acre.

Serão convidadas as mãesdas 12 crianças que faleceram nos últimos meses. O parlamentar também quer a convocação da cúpula de Saúde do estado

“Para tratar sobre esse problema dos óbitos infantis, fruto da síndrome respiratória. O que estamos vendo no Acre é algo que não podemos deixar passar, deixar as mães entrarem na Sesacre, não serem atendidas e essa casa não ter um posicionamento oficial acerca desse assunto, temos as comissões e outras ferramentas que podem ser usadas para dar mais clareza a esse assunto, e dentre as ferramentas que nós temos, está a audiência públíca para discutir quais ações estão sendo feitas”, afirmou o deputado.

Médico, Jenilson demonstra preocupação com a situação da saúde estadual e sensibilidade com as mães que perderam seus filhos. “Este caso é muito emblemático, pois ele envolve uma série de questões, entre elas, crianças e sentimentos de mães, que hoje choram não só porque perderam seus filhos, mas pela condição com que isso aconteceu”.

Jenilson relembrou a visita que fez recentemente ao Pronto Socorro, acompanhado de outros deputados, onde verificaram a falta de remédios básicos, como a dipirona.

Outro ponto levantado por Jenilson Leite durante seu discurso, foi o aumento no preço as passagens áereas em Jordão, onde um trecho para a Capitaln supera os R$ 700,00.

“O que está acotecendo em nosso estado sobre tranporte e mobilidade urbana é se quero ir para o interior pela estrada, encontraos a BR-364 quase intrafegável, se quereos ir por via áerea, temos as empresas suspendendo seus voos e os municípios de difícil acesso estão de fato ficando isolados, pois o preço da passagem subiu para R$ 700,00. Por que está acontecendo isso num estado como o nosso? Desintegração total do serviços públicos e transportes para o interior a cada dia piores, fruto da falta de cuidado de um Governo que passou quatro anos mudando equipe e o resultado não sou eu quem estou dizendo, é a populaçãoo que sentiu na pele”, finalizou.

%d blogueiros gostam disto: