Lei Aldir Blanc: Prefeitura de Brasileia paga mais de R$ 180 mil para artistas locais

A Prefeita Fernanda Hassem, acompanhada da Secretária de Cultura Nazaré, realizou na tarde de terça-feira (29), a entrega dos certificados aos fazedores de cultura local contemplados com a Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc do Governo Federal. Através dos editais do 1º Prêmio de Cultura Brasileense e Auxilio Emergencial aos espaços e territórios culturais.

Ao todo 28 artistas foram beneficiados são eles: Artesões, Músicos e Espaços Culturais. Os benefícios foram adquiridos através da Lei Federal de Nº 14.017 para garantir uma renda emergencial para os trabalhadores da cultura e manutenção dos espaços culturais brasileiros durante o período da pandemia.

A Prefeita Fernanda Hassem destacou a importância do auxilio para os artistas locais. “A lei Aldir Blanc veio em um momento muito oportuno, nós da prefeitura de Brasileia realizamos todos os tramites necessário para que os fazedores de culturas fossem beneficiados. Foram 188 mil reais distribuídos para os 28 artistas do município. Aproveito para cumprimentar e agradecer todo o esforço da nossa equipe em nome da secretária Nazaré, para que Brasileia fosse contemplada”, destacou Fernanda Hassem.

O presidente Jair Bolsonaro prorrogou o auxilio da Lei Aldir Blanc até 31 de dezembro de 2021. O projeto da Câmara destina R$ 3 bilhões aos profissionais do setor.

Para o artista Toinho Sacanagem o auxilio é uma forma de reconhecimento pelo trabalho que realizam. “O auxilio com os certificados para mim é o reconhecimento do trabalho prestado, nesse ano que as coisas não foram fáceis tivemos que parar trabalhar devido a pandemia a lei do auxilio emergencial para cultura vai ajudar muitos artistas. Quero agradecer a Deus por essa oportunidade, ao governo federal e a prefeitura em nome da prefeita Fernanda e da secretária de cultura Nazaré”, falou Toinho Sacanagem.

%d blogueiros gostam disto: