Política de austeridade fiscal de Epitaciolândia vence dívidas. É o único no Acre adimplente no CAUC

Apesar de o prefeito Sérgio Lopes ter chegado à Prefeitura no inicio do ano passado e pego a gestão num emaranhado de dívidas, hoje, Epitaciolândia vence dívidas e é o único no Acre adimplente no CAUC.

Ao longo do primeiro ano, o Prefeito teve que lidar com situações constrangedoras por questões de inadimplências. Dívidas de gestões anteriores chegaram a quase 50 milhões de reais. Em 2021 foram pagos mais de quatro milhões e setecentos mil reais em dívidas vencidas e não pagas anteriormente, que comprometiam o pequeno orçamento do município e bloqueavam os repasses do voluntários do Governo Federal.

Adotando uma política limpa e eficiente, o Prefeito Sérgio se empenhou ao máximo para pagar as dívidas herdadas e colocar o Município no rol da adimplência.

“Hoje podemos dizer que Epitaciolândia goza de uma saúde financeira e fiscal estável, isso graças ao esforço de toda nossa equipe financeira que tem buscado o equilíbrio fiscal, com isso Epitaciolândia está adimplente e apta a receber recursos do governo federal, isso significa grandes avanços, principalmente para área da infraestrutura.” Destacou o Chefe do Executivo.
O CAUC é uma espécie de Serasa das prefeituras, onde os municípios que entram no cadastro ficam sem recursos federais para investimentos até a solução da pendência.

A inclusão do município no CAUC influencia diretamente nos repasses voluntários do Governo Federal evitando a realização de convênios. O município de Epitaciolândia está adimplente no CAUC, com as contas equilibradas e aptas a receber recursos federais nas mais diversas áreas.

O Secretário de Finanças Antonio Rocicley destacou que “permanecer em dias com as finanças facilita a captação de recursos federais para futuras obras no município, e hoje graças ao esforço de nossa equipe do Setor de Finanças e o compromisso do prefeito Sérgio Lopes, que se empenhou ao máximo para manter as contas do município em dia, mesmo com a escassez de recurso e as dívidas herdadas de gestões anteriores tem conseguido manter o equilíbrio e saúde econômica desta municipalidade.”

%d blogueiros gostam disto: