Equipes do MS já estão no Acre para levantar necessidades e evitar colapso na saúde do Estado

Três equipes de secretarias nacionais do Ministério da Saúde estão em Rio Branco onde averiguam in loco as condições do sistema único de saúde e estratégias de enfrentamento à covid-19. Com lotação de enfermarias e leitos de UTIs, o Estado anunciou o colapso no atendimento público e decretou situação de emergência.

A chegada das equipes foi anunciada pelo ministro da saúde Eduardo Pazuello, durante videoconferência com governadores da Amazônia na tarde de ontem (17). O secretário de saúde Alysson Bestene representou o estado.

O Ministério enviou técnicos da vigilância em saúde, atenção especializada e atenção primária. A secretaria de estado de saúde não informou o cronograma de trabalho.

Como a reportagem adiantou ontem, a nova estratégia de vacinação que será apresentada pelo ministério da saúde, coloca o Acre como terceiro estado da Amazônia que terá metade da sua população vacinada até junho deste ano.
Segundo o MS, a pasta vai defender que, a partir do próximo lote, sejam priorizados os estados onde a disseminação da nova cepa do novo coronavírus esteja comprometendo o sistema de saúde.

Em pronunciamento, o governador Gladson Cameli confirmou a existência de nova cepa entre os infectados. “Há novas variações da doença que está se espalhando” disse o governador.

%d blogueiros gostam disto: