Autônomo é achado desacordado e com rachadura no crânio do lado de fora do bar Tardezinha

A Polícia Civil tenta descobrir o que aconteceu com o autônomo Laércio Santos, de 35 anos, na madrugada do último sábado (9) enquanto ele estava no Bar e Casa Noturna Tardezinha, na Estrada Dias Martins, em Rio Branco, com amigos. Santos foi achado por um conhecido desacordado e com uma rachadura no crânio do lado de fora do estabelecimento.Sem perceber o ferimento e achando que o amigo estava bêbado, o homem levou Santos para casa e o entregou para a esposa dele. Apenas no dia seguinte é que os familiares perceberam a gravidade da situação e procuraram um médico.O autônomo está internado e sedado em observação no pronto-socorro da capital acreana e deve passar por uma cirurgia na cabeça, conforme informações do advogado da família, Saulo Ribeiro.”Ele está em observação e na eminência de fazer uma cirurgia na cabeça. Os médicos estão acompanhando para ver se o estado dele melhora para fazer a cirurgia. Ele está sedado, hoje [quinta,14] tentou levantar, mas não lembra o que aconteceu, está aéreo, não consegue falar, se comunicar e nem se expressar”, revelou Ribeiro.Ao g1, o delegado responsável pelas investigações, Igor Brito, disse que já intimou algumas pessoas para depor e deve começar as oitivas na próxima segunda (18). O que se sabe até o momento sobre o caso, segundo o delegado, é que Santos teria ido ao estabelecimento com três amigos após uma partida de futebol.”Essas pessoas [amigos do autônomo] saíram do local e outras pessoas viram ele sendo colocado do lado de fora do estabelecimento. Ele foi colocado desacordado do lado de fora do estabelecimento. Uma pessoa que estava fora [do bar] era amigo dele e viu a situação. Pensando que ele estava alcoolizado, levou ele para casa”, destacou.O que diz o dono do localA reportagem entrou em contato com o dono do local, Neto Brito, e ele disse que foi informado sobre o que aconteceu em seu bar e que ficou sabendo que o homem estaria embriagado e querendo arrumar confusão.”Fui informado que um indivíduo, com o nome ainda não identificado, teria sido conduzido pelos seguranças para fora do estabelecimento, os responsáveis pela segurança falaram que o homem envolvido estaria muito embriagado e alterado, querendo confusão com todos os seguranças, porém, com a equipe de segurança ele tentou e não conseguiu nada.”Brito disse ainda que sua equipe tentou controlar a situação e continuou o trabalho na casa e o homem estaria ameaçando e empurrando os clientes.”Foi quando um cidadão, também desconhecido, estava no estabelecimento e tomou as dores e desferiu um soco. Segundo a equipe, ele [vítima] caiu desacordado, as partes foram colocadas para fora do estabelecimento como de costume. Existe uma padronização de que todo e qualquer atrito ou desavença entre clientes as partes são colocadas para fora e é acionado o 190 para providências, com isso, cada um procura seus direitos fora do estabelecimento.”O dono do local reforçou ainda que está à disposição para qualquer esclarecimento. “Informo ainda que nosso estabelecimento não compactua com nenhuma situação de briga ou embaraço mas, infelizmente, alguns saem de casa com intenção de brigar e mesmo nossa equipe muito atenta e preparada não consegue evitar tudo”.Busca por informaçõesO delegado contou que a mulher também achou que o marido estava alcoolizado e o deixou dormindo. Conforme a polícia, ninguém sabia que o autônomo tinha sido agredido e estava ferido. “Em um determinado momento, ele saiu de perto dos amigos no bar. Não sabemos o que aconteceu, não se sabe se ele foi agredido por frequentadores ou por seguranças, mas foi agredido”, reforçou.O delegado pediu ajuda à população para tentar desvendar o caso. Caso alguém que estava no estabelecimento, e tenha visto que aconteceu, pode procurar a polícia e repassar informações.”Fui atrás das imagens das câmaras e não tem, fui lá e não tem HD, as imagens não estão gravadas. Intimei várias pessoas para depor. Preciso de pessoas que tenham visto a agressão, que digam se foi os seguranças, se foram outras pessoas”, concluiu

%d blogueiros gostam disto: