Em Brasileia, Estado realiza mutirão de cirurgias eletivas

Dando seguimento ao planejamento de cirurgias eletivas, realizado antes mesmo do início da pandemia de covid-19, o governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), realiza neste sábado, 5, em Brasileia, a abertura do planejamento semestral de cirurgias eletivas.

Com previsão para 40 cirurgias de hérnia e vesícula, os procedimentos serão realizados no Hospital Regional do Alto Acre. Foto: Arquivo Secom

Com previsão para 40 cirurgias de hérnia e vesícula, os procedimentos serão realizados no Hospital Regional do Alto Acre. Os pacientes, no último final de semana, já realizaram as consultas necessárias e o risco cirúrgico, feito antes de toda e qualquer cirurgia, o qual visa avaliar o estado de saúde do paciente no período pré-operatório.

“Nosso objetivo é ampliar o acesso dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) às cirurgias eletivas em todas as regionais do estado, proporcionando melhor qualidade de vida e reduzindo as filas de espera”, destacou a secretária de Estado de Saúde, Paula Mariano.

Serão realizados os atendimentos de ambulatório, pré-cirúrgicos e riscos cirúrgicos de todos os pacientes em fila de espera para cirurgias eletivas, nos municípios de referência das regionais, nas seguintes unidades: Hospital Regional do Acre, em Brasileia; Fundação Hospitalar, em Rio Branco; Hospital Ary Rodrigues, em Senador Guiomard; Hospital João Câncio Fernandes, em Sena Madureira; Hospital Dr. Sansão Gomes, em Tarauacá; Hospital da Mulher e da Criança do Juruá, em Cruzeiro do Sul; e Hospital Santa Juliana, em Rio Branco.

Estão previstas cerca de 1,2 mil cirurgias durante toda a programação, nas três regionais de Saúde, das seguintes especialidades: ginecologia, cirurgia-geral, urologia, cabeça e pescoço, otorrinolaringologia, ortopedia, oftalmologia, pediatria, dentre outras.

“Com a realização desses procedimentos nas suas regionais, esses pacientes ficarão mais tranquilos, uma vez que estarão mais próximos de suas casas, a exemplo dos pacientes de Xapuri e Assis Brasil que irão realizar as cirurgias em Brasileia”, pontuou o gerente-geral do Hospital Regional do Alto Acre, Janildo Moraes.

%d blogueiros gostam disto: