Suspeito morre após perder controle de motocicleta durante perseguição em Epitaciolândia

Aline Nascimento

Suspeito morre após perder controle de motocicleta durante perseguição policial no AC

Uma perseguição policial em alta velocidade terminou com um suspeito morto na noite dessa segunda-feira (7) em Epitaciolândia, interior do Acre. Rosinaldo Medeiros de Oliveira, de 48 anos, perdeu o controle da motocicleta, subiu na calçada e bateu na escada de um prédio comercial do município.

O homem morreu na hora. O boletim da Polícia Militar diz que Oliveira começou a ser seguido por uma equipe da polícia na Rua Plácido de Castro, próximo à praça da cidade. Os policiais acharam estranho a atitude do suspeito, que apresentava nervosismo e olhava diversas vezes para a viatura.

A equipe teria pedido para o motociclista parar, mas ele não obedeceu e tentou fugir em alta velocidade, sendo acompanhado pela viatura. A PM-AC afirma que fez o acompanhamento com o giroflex ligado e sempre pedindo para que o motoqueiro parasse.

Ainda segundo o registro policial, Rosinaldo de Oliveira sempre levava à mão esquerda a cintura como se estivesse arrumando algo. Após alguns minutos, a polícia diz que o homem retirou da cintura um objeto que parecia uma arma de fogo e, nesse momento, os policias fizeram dois disparos para tentar inibir a ação do suspeito.

Ao ouvir os disparos, Oliveira guardou o objeto e seguiu em alta velocidade em direção a Avenida Internacional. Ao chegar em uma curva, o motociclista não conseguiu controlar a moto, subiu na calçada e se chocou com a escadaria de alvenaria de um prédio comercial.

Motociclista se chocou com escadaria de prédio comercial de Epitaciolândia durante perseguição policial — Foto: Reprodução

Motociclista se chocou com escadaria de prédio comercial de Epitaciolândia durante perseguição policial — Foto: Reprodução

Imagens de câmeras de segurança do local registraram o momento do acidente. O vídeo mostra Oliveira se chocando violentamente na escada chegando a arrancar alguns pedaços de alvenaria.

Equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram até o local e constataram a morte do motociclista.

Junto ao corpo foi achado uma pistola de cola bastão na cor preta, uma faca de mesa e uma carteira contendo R$ 57.

Investigação

O delegado responsável pelo caso, Luis Tonini, disse que Rosinaldo de Oliveira fugiu da polícia de forma inexplicável. A polícia ainda não sabe se ele tinha utilizado a pistola de cola para praticar algum tipo de crime, como assalto.

Tonini disse também que já verificou imagens de câmeras de segurança e, pelo o que foi visto, não houve nenhum tipo de conduta errada por parte dos policiais.

“Se tratou de um acidente, infelizmente, a imprudência dele o conduziu à morte. Ele ia em alta velocidade, subiu na calçada, já vinha na contramão da via sendo perseguido pela polícia. Perdeu o controle da motocicleta e, com o choque, foi lançado. O impacto foi muito forte. Os motivos dele ter fugido da polícia ainda não foram revelados”, acrescentou.

A polícia já descobriu que a moto usada pelo suspeito não era dele. Agora, a investigação deve revelar quem era o proprietário e se ele foi vítima de roubo

%d blogueiros gostam disto: