Coordenador da Defesa Civil não descarta grande enchente em Rio Branco

O volume de chuvas no mês novembro deste ano foi considerável, porém abaixo da média normal que é de 215, 0 mm. Choveu 149, 8 mm em Rio Branco no mês passado, informou a Defesa Civil Municipal com base em informações dos institutos de meteorologia.

Neste domingo, 02, o rio Acre em Rio Branco estava com 7, 62 metros. Nesta segunda-feira, 03, às 6h, o manancial amanheceu com 8, 32 metros. Em 24 horas, por causa do volume de chuvas, o nível do rio subiu 70 centímetros.

A chance de um alagamento em dezembro é quase zero. Há apenas um registro de grande cheia neste mês e foi registrada na década de 1970.

As maiores enchentes do rio Acre são registradas entre janeiro e abril. A priori não há como prever um alagamento. Porém, o coordenador da Defesa Civil Municipal, coronel George Santos, especialista em gestão de desastres, diz que não dá para descartar a possibilidade de uma grande enchente.

“Tem chovido bastante, mas é preciso esperar as previsões trimestrais para ver como será o 1º trimestre de 2019.
Com as mudanças climáticas, não podemos descartar nada. Eventos extremos e severos estão cada vez mais frequentes”, diz.

%d blogueiros gostam disto: