Governo instala novos equipamentos em salas cirúrgicas e se organiza para mutirões

A Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre) ampliou e modernizou o número de salas cirúrgicas para a realização dos mutirões de cirurgias na unidade hospitalar. De seis salas, agora o bloco passará a contar com o funcionamento de oito.

Fundhacre instala novos equipamentos em salas cirúrgicas e se organiza para mutirões. Foto: Danna Anute

Duas salas receberam novos equipamentos que já iniciaram o processo de instalação nesta última terça-feira, 8, os quais foram adquiridos com recursos próprios do Estado, sendo dois focos de teto e duas mesas cirúrgicas, totalizando em R$ 252 mil.

Equipamentos foram adquiridos com recursos próprios do Estado. Foto: Danna Anute

“Esse é um compromisso da atual gestão da Fundhacre, juntamente com o governo do Estado. Estamos reativando duas salas cirúrgicas para assim termos um bloco de cirurgias funcional. Com isso o Estado vem se organizando, trabalhando diariamente para dar essa resposta a população”, destaca o presidente da Fundhacre, João Paulo Silva.

Objetivo é que todo o processo de realização dos mutirões possa ocorrer de forma célere. Foto: Danna Anute

Toda a organização também faz parte do projeto do Complexo para execução da emenda do senador Márcio Bittar, no valor de R$ 10 milhões destinados exclusivamente à Fundhacre para a realização das cirurgias eletivas.

“Essa é uma emenda que irá impactar nos mutirões de cirurgias, previstos para acontecerem já no mês de abril. Temos aproximadamente 12 mil pessoas na fila de espera em várias especialidades. Essa nova estrutura na Fundhacre irá deixar um marco na vida dos acreanos”, ressalta João Paulo.

Foram instalados dois focos de teto e duas mesas cirúrgicas, totalizando em R$ 252 mil. Foto: Danna Anute

O médico especialista em cirurgia geral, Suzuki Yotaro, que atua no centro cirúrgico há vinte e cinco anos, enfatiza que esse é um momento histórico para o hospital. “Esse é um momento muito importante para nós aqui na Fundhacre, em que teremos um aumento no número de cirurgias no estado. Quem ganha é a população, que tanto tem aguardado na fila de espera”, afirma o médico Suzuki.

Médico especialista em cirurgia geral, Suzuki Yotaro, que atua no centro cirúrgico há vinte e cinco anos. Foto: Danna Anute

A unidade hospitalar está em processo de compra de mais equipamentos para que todo o processo de realização dos mutirões possa ocorrer de forma célere. “Trata-se de um investimento de aproximadamente R$ 850 mil. Em breve estarão chegando também carros de anestesia. Nosso objetivo é dar uma resposta para a população”, encerrou o presidente João Paulo.

Unidade hospitalar está em processo de compra de mais equipamentos. Foto: Danna Anute
%d blogueiros gostam disto: