Adolescente indígena de 12 anos é assassinado com tiros na cabeça e peito no interior do AC

O adolescente indígena Adriano Jaminawa, de 12 anos, foi assassinado a tiros na noite dessa quarta-feira (27) no bairro José Hassem, em Epitaciolândia, no interior do Acre.

Conforme a polícia, a madrasta do adolescente contou que ele estava a poucos metros de casa quando os autores chegaram em uma motocicleta e já deram os disparos de arma de fogo contra ele. A mulher disse aos militares que não conseguiu reconhecer os autores, porque não tiraram o capacete para cometer o crime.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, fez os primeiros socorros e levou Jaminawa para o hospital de Brasileia, cidade vizinha, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois.

Ainda segundo a PM-AC, a madrasta dele contou que o rapaz costumava andar com pessoas envolvidas em facções criminosas. A equipe médica constatou que os tiros atingiram a região da cabeça e tórax da vítima. O g1 entrou em contato com o delegado da cidade, mas não obteve sucesso até última atualização desta reportagem.

%d blogueiros gostam disto: